17 de fev de 2014

Desafio dos 31 dias de filmes - Dia 13: Um filme com o ator/atriz que você menos gosta

Estive ausente por dois dias por algum problema misterioso no blogger que me impedia de postar... parece que foi contornado, mas estamos de olho.

E sobre o ator/atriz que eu menos gosto... eu podia escolher clichés de atores odiados, como Kristen Stewart e Robert Pattinson... mas preferi escolher Matt Damon porque esse, ao menos, tenta atuar. Sim, tem o Ben Affleck, também... mas eu gosto menos do Matt Damon do que do Ben Affleck.

Bravura Indômita - PosterE um filme com Matt Damon que eu gostei bastante foi...

Bravura Indômita (2010)
"True Grit"


Trata-se de um remake de um filme de 1969 que, por sua vez, é uma adaptação de um romance de 1968 do escritor Charles Portis. O novo filme é um excelente faroeste atual. Na trama, Mattie Ross (Hailee Steinfeld, muita boa no papel) contrata o federal Reuben "Rooster" Cogburn (Jeff Bridges em excelente atuação) para perseguir o responsável pela morte de seu pai. Posteriormente, junta-se à caçada o ranger texano LaBoeuf (olhaí o Matt Damon). O filme mostra o amadurecimento de Mattie, passando de criança a adulta, e a relação dela com os dois homens que disputam sua atenção. Não quero falar muito do filme pra não dar spoiler, mas recomendo fortemente o filme, que vi nos cinemas e sai muito satisfeito da sessão.

Taí. Um filme excelente com um ator mediano... Ao menos Jeff Bridges e Haille Steinfield carrega o filme sozinhos.



E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

14 de fev de 2014

Desafio dos 31 dias de filmes - Dia 12: Um filme com o seu ator/atriz favorito(a)

Um ator ou atriz favorito(a)... bom, eu gosto de muitos atores e atrizes. Marlom Brando, Johnny Depp, Al Paccino, Brad Pitt, Samuel L. Jackson, Christopher Lee, Ian McKellen, Jim Carrey, Robert Downey Jr, Christian Bale... e entre as atrizes, sou absolutamente encantado por Liv Tyler, Eva Green e Tilda Swinton, mas gosto muito também de Michelle Pfeiffer, Jodie Foster, Meryl Streep, Kate Winslet, Helena Bonham Carter e Sandra Bullock. E entre os brasileiros, meus preferidos são Selton Mello, Wagner Moura, Lázaro Ramos e Marco Nanini. E as moças brasileiras, Mariana Ximenes, Camila Morgado, Patrícia Pillar, Flavia Alessandra, Maytê Proença e Fernanda Montenegro... mas eu precisava escolher um só. E pra justificar minha escolha, digo: Ele foi Odin, ele foi Van Helsing, ele foi Hitchcock e ele foi HANNIBAL LECTER, simplesmente meu vilão preferido! Sir Anthony Hopkins! E tendo Hannibal como meu personagem favorito dele, meu filme escolhido fica meio óbvio:

O Silêncio dos Inocentes (1991)
"The Silence of the Lambs"


Hannibal Lecter foi (é) um dos personagens mais marcantes da história do cinema. Até hoje, mais de 20 anos depois, o filme causaria espanto e assombro em quem o assistir pela primeira vez. O filme, vencedor de 5 Oscar - foi inspirado no livro de mesmo nome, do escritor Tom Harris. Na literatura, "Silêncio dos Inocentes" é o segundo livro, seqüência de "Dragão Vermelho", que só virou filme alguns anos depois, em 2002. A qualidade das seqüências, nos filmes, foi caindo conforme a produção:

O Silêncio dos Inocentes > Hannibal > Dragão Vermelho >  Hannibal: A Origem do Mal

A história foi inspirada em casos reais de psicopatas, como Ed Gein (que também inspirou Leatherface - "O Massacre da Serra Elétrica" e  Norman Bates - "Psicose" e a série "Bates Motel"). Clarice Starling (Jodie Foster, que foi substituída por Julianne Moore em Hannibal), uma estudante da Academia do FBI, é encarregada de auxiliar com o caso Buffalo Bill, uma série de assassinatos de jovens moças. Sua função é conversar e conseguir a ajuda de Hannibal Lecter, outro famoso assassino em série, preso em um manicômio de segurança máxima. Lecter é um psiquiatra com excelente conhecimento de anatomia, extremamente inteligente, sagaz, perspicaz e dono de uma finesse ímpar, mas também um mestre-cuca canibal. Nos filmes seguintes, existem cenas interessantes d'ele servindo pedaços de suas vítimas em jantares luxuosos. Acho interessantíssimo como o filme retrata a dualidade entre sua educação e gentileza e seu lado animal e bárbaro, quando ataca suas vítimas.

Ao assistir o filme, é impossível não se perder no jogo de palavras de Hannibal, nos diálogos deliciosos entre ele e Starling, enquanto ele vai "dissecando" e explorando cada canto de sua mente. A primeira conversa dos dois, extremamente claustrofóbica, serve pra definir o perigo do personagem, e é envolta em mistério e tensão. Ao longo do filme, Clarice vai se soltando e ficando mais à vontade na presença de Lecter.

Não vou contar mais pra não estragar a história pra quem, por ventura, ainda não assistiu. Mas se você não viu, veja. Vale muito a pena.

O trailer:




E já que falamos de Hannibal, gostaria de sugerir também a excelente série Hannibal, que está pra estreiar sua segunda temporada, com Mads Mikkelsen como um excelente Dr. Hannibal Lecter e Hugh Dancy, também fantástico, como Will Grant, o famoso agente do FBI que o prende. A série conta a história de como Hannibal e Will se conheceram, alguns anos antes da prisão do Dr.


E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

13 de fev de 2014

Desafio 31 Dias de Filme - Dia 11: O melhor filme de esportes

Eu achei que neste post, teria a mesma dificuldade do post sobre documentários, mas não. Percebi que muitos filmes que vi são sobre esportes, mesmo que não explicitamente. "Rocky", por exemplo, clássico filme do Sylvester Stallone, é um filme sobre esportes: boxe é um esporte. "Space Jam", mix de desenho e live action, com os Looney Toons (Pernalonga e cia.) e Michael Jordan, é sobre basquete. E o clássico da sessão da tarde, "Super Patos"? E "Jamaica Abaixo de Zero"... e também o "Gigantes de Aço", recente filme de Hugh Jackman, sobre robôs boxeadores, ainda é um filme sobre boxe... se extrapolarmos um pouco, até mesmo a animação "Carros", da Pixar, pode ser considerado um filme sobre esporte (corridas). Mas o meu escolhido foi...

The Karate Kid - Poster
Cena clássica do treinamento na praia

Karatê Kid - A Hora da Verdade (1984)
"The Karate Kid"


Porque caratê (karatê) também é um esporte (olímpico, inclusive). E esse clássico da sessão da tarde é um belo filme sobre superação, disciplina, aprendizado e amizade. Também é clássico filme sobre bullying. Daniel Larusso é obrigado a se mudar de cidade quando sua mãe consegue um novo emprego e tem dificuldades de se adaptar ao novo local. E quando ele começa a namorar a ex de um valentão local, aluno do dojo "Cobra Kai", cujo sensei prega o mote de sem misericórdia. O filme, como todo clássico de aventura dos anos 80, tem a dualidade bem x mal explícita (o kimono branco de Daniel vs. os kimonos negros dos Cobra Kai), de forma até meio caricata. Sr. Miyagi (Pat Morita, excelente) resolve ensinar caratê à Daniel pra que ele possa participar do torneio local e, assim, fazer com que essa perseguição acabe.

O treinamento de Daniel virou uma lenda entre os jovens da época e o mote "pinte a cerca, Daniel-san" é repetido até hoje. Outra cena clássica é a de Daniel se equilibrando em cima de um toco, na praia (cena que ilustra o cartaz, inclusive), treinando o golpe que lhe daria sua glória e ficaria famoso por anos na história do cinema.

O filme tem suas falhas: algumas lutas são meio falsas, parecendo ensaiadas demais. Algumas situações meio exageradas ou sem sentido. Mas nenhum defeito grave o suficiente pra estragar a experiência do filme. Qualquer um que já sofre com algum valentão, no colégio, se identifica com o filme.

O jovem Jaden Smith que me perdoe... até curti a sua refilmagem do clássico (que continuo dizendo que deveria se chamar "The Kung Fu Kid", e Jackie Chan está ótimo no filme (acho que a primeira "não-comédia" que vi do ator), mas nada supera a sensação de nostalgia que só esse clássico pode exercer.


O trailer totalmente anos 80:




E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

10 de fev de 2014

Desafio 31 Dias de Filmes - Dia 10: Um filme de seu diretor favorito

Existem muitos diretores bons e muitos diretores odiados. E existem aquelas que ficam lá e cá. Eu tenho no Quentin Tarantino um forte candidato a "diretor favorito" tendo um currículo impressionante. Zack Snyder também tem se mostrado um diretor fantástico com seus últimos trabalhos mais nerds, como "Madrugada dos Mortos, "300", "Watchmen", "Sucker Punch" e o recente "Homem de Aço", mas o diretor do qual gostei de todos os filmes que assisti e sempre recomendo o trabalho é, definitivamente, Guillermo del Toro. "Blade 2", os dois "Hellboy", o fantástico "Labirinto do Fauno" e ainda participou como produtor de "O Orfanato", "Kung Fu Panda 2" e "Mama", sendo esses os meus preferidos, entre outros. Mas o filme mais recente e mais "massavéi" dele, provavelmente eleito por ser o mais recente e fresco na memória, é...

Círculo de Fogo (2013)
"Pacific Rim"


O orgasmo nerd de 2013, Círculo de Fogo provavelmente não é "O" melhor filme de Guillermo del Toro, mas é tão difícil escolher um melhor entre tantos filmes fantásticos.

O filme é pura nostalgia pra quem cresceu nos anos 80/90, assistindo seriados japoneses de robôs gigantes (e animês, pros mais novos). Del Toro bebeu de todas as fontes possíveis e fez o que um nerd com dinheiro e conhecimento de cinema que cresceu assistindo a tudo isso faria: seu próprio filme de monstros e robôs gigantes. Então ative sua suspensão de descrença e vá assistir sem exigir lógica ou história complexa. Del Toro entrega exatamente o que você quer ver quando vai ao cinema assistir um filme de mostros e robôs gigantes: robôs gigantes (Jaegers) socando monstros gigantes (Kaijus)! Os personagens são ok, o roteiro é simples mas sem grandes furos, a fotografia é bonita, a trilha sonora é bacana (a música tema é foda, mas você provavelmente só vai se lembrar dela...), mas os Jaeger e os Kaiju são impecáveis! Impossível se segurar na cadeira na hora que o Jaeger solta um "soco foguete" na cara do Kaiju. Ou não urrar quando ele pega um navio e usa como bastão para bater no bichão. É simplesmente "PUTAQUEOPARIO" do começo ao fim!


E como eu gosto muito desse filme, vou postar não um, mas dois trailers:







E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

9 de fev de 2014

Desafio 31 Dias de Filmes - Dia 9: O melhor documentário

[Atualização]
Quando escrevi o post, Ônibus 174 era o único documentário filme longa metragem do qual consegui me lembrar de ter visto. No dia seguinte, minha cunhada me lembrou do excelente...

O Renascimento do Parto (2013) 

Que, definitivamente, ganha de "Ônibus 174" enquanto melhor documentário. O filme é fantástico e trata da "industria" do parto no Brasil, falando um pouco dos mitos, da violência médica, dos abusos da equipe e muitas informações úteis que deveriam ser conhecimento comum não só de qualquer mulher que queira dar a luz a uma criança, mas de toda população. Certas coisas chegam a nos deixar assustados até, quando você ouve e pensa "sério que isso é assim???".

Descobrir que o Brasil ocupa a triste liderança dos países que mais fazem cesariana, com mais de 50% dos partos sendo assim. Profissionais falam dos riscos e dos mitos. O filme fala sobre diversas modalidades de parto: em casa, na água, no hospital, no chuveiro... sobre a rotina nos hospitais. O ator Márcio Garcia e sua esposa - adeptos do parto humanizado - dão depoimentos sobre o nascimento dos seus três filhos, além de vários outros não-famosos, contando sobre suas experiências.

Eu diria que é simplesmente essencial pra qualquer casal que esteja planejando (ou já esteja esperando para) ter filhos.




Então é isso... essa foi minha atualização. Não vou retirar o texto sobre o "Ônibus 174" (mais abaixo), mas como achei um filme bem ruinzinho e "O Renascimento do Parto" é um documentário fantástico, que fico até envergonhado de não ter lembrado nele enquanto escrevia o post.


E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

[Fim da Atualização]


Devo me desculpar pelo post desse dia.... eu realmente não tenho muitos documentários na minha lista de filmes vistos.

Quando comecei a lista, tinha dois candidatos: "Milk: A Voz da Igualdade" ou "Uma Aventura no Espaço e Tempo". Mas então percebi que nenhum dos dois são documentários e sim biografias.

Comecei a olhar o IMDb e o Rotten Tomatoes procurando por um documentário que eu tenha assistido e percebi que quase todos são séries para TV... e não se encaixa na regra do desafio.... então não tenho o MELHOR documentário, pois o único que encontrei e que me lembro de ter visto foi o...

Ônibus 174


Documentário nacional dirigido por José Padilha, conta a história do rapaz que manteve o ônibus 174 como refém, no Rio de Janeiro, em 2000, e que acabou morto pela polícia, após se entregar. O documentário conta com o depoimento de policias, sociólogos, jornalistas, pessoas que conheciam o rapaz e de alguns dos reféns. Também usa muitas cenas reais do fatídico dia. Ele deixa claro pra nós, brasileiros, a situação precária que nossa polícia se encontra, sem ferramentas (usam mímicas ao invés de um simples rádio) e sem treinamento adequado para lidar com situações de reféns, nos faz parar pra pensar na falsa sensação de segurança que uma polícia mal preparada passa pra população (e digo brasileiros porque, apesar de o filme se passar no Rio, meio que reflete a realidade da polícia em todo país...).
O documentário também nos conta a história trágica do rapaz, o fato de não conhecer o pai, de ter visto, ao seis anos, sua mãe ser assassinada ainda grávida. De ter sobrevivido a Chacina da Candelária. E claro, de tudo que um jovem passa dentro da Febem. Tudo isso formou uma pessoa perigosa e instável, e acabou desencadeando o ocorrido, que foi transmitido ao vivo pela TV. Faz a gente parar pra pensar sobre as culpas nessa história... o diretor, inclusive, nos trás uma lembrança da tal Chacina da Candelária, no qual policiais simplesmente executaram sete crianças, das muitas que viviam na rua e dormiam em frente a candelária.

Particularmente, não gostei do documentário... acho que eles pintam o rapaz com um papel de vítima extremamente forçado. Entendo as merdas que aconteceram na vida dele, mas acredito que as escolhas equivocadas são feitas por si próprio. Muita gente passar por merdas semelhantes e não vira bandido... frente as dificuldades, as pessoas simplesmente escolhem "o caminho mais fácil".

Infelizmente, não encontrei um trailer pro documentário (apenas pra versão fictícia cinematográfica da história - "Última Parada 174").


Desafio 31 Dias de Filmes - Dia 8: Um filme do qual você possa citar uma frase

Esse post era pra ter saído ontem, dia 8, mas eu meio que passei mal a noite e deitei muito cedo, e acabei não fazenda a postagem. Então hoje vou fazer dois posts, pra manter o ritmo...

Poster original do filme, de 1977.
E apesar de ter vários filmes dos quais eu posso citar uma frase, minha escolha não poderia ser diferente:

Guerra nas Estrelas (1977)
"Star Wars"


Poster como novo subtítulo.
Talvez alguns estranhem o título que usei, mas esse era o título do filme que todos conhecem hoje por "Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança". Acredito que a mudança de título foi a primeira das muitas mudanças que George Lucas faria em seus filmes, ao longo dos anos... ele só ganhou o subtítulo quando saiu o "Episódio V: O Império Contra-Ataca", a primeira continuação da saga. E o título nacional deixou de ser "Guerra nas Estrelas" pra se tornar "Star Wars" quando se deu o lançamento da "nova" trilogia (não tão nova assim, já que saiu entre 1999 e 2005, e que com o lançamento futuro de uma próxima trilogia, não sei mais como me referir), como uma jogada de marketing para unificar o nome da série em diversos países (agora Star Wars é Star Wars, em qualquer lugar que você esteja).

E sobre as frases que podemos citar, existem muitas que ficaram imortalizadas por nerds ao longo dos anos, como "Estes não são os androids que você está procurando.", "Use a Força, [...]", "Ajude-me, Obi-Wan Kenobi. Você é minha última esperança.", "Que a Força esteja
com você." e se estendermos a lista ao restante da trilogia, ainda teremos os clássicos "Luke, eu sou seu pai.", "Fazer ou não fazer. Tentar não existe.". O(s) filme(s) é(são) simplesmente recheado(s) de frases de efeito.

E nem vou falar muito sobre os filmes, afinal, quem não conhece Star Wars?


Os trailers originais, da trilogia clássica.




E o trailer da saga completa, lançada em blu-ray de alta de definição.




E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

7 de fev de 2014

Desafio dos 31 Dias de Filmes - Dia 7: Um filme com sua trilha sonora favorita

Alguns filmes, como Star Wars, Indianna Jones e Harry Potter, possuem músicas temas marcantes. Outros, como O Senhor dos Anéis, O Hobbir e Coração Valente, possuem trilhas épicas e empolgantes, mas não músicas específicas que voce ouviria no dia a dia... E apesar de praticamente todos os desenhos Disney terem trilhas musicais divertidas, acho que a escolha deve ser de um filme que eu realmente ouça a trilha... então, meu preferido é:

Na Natureza Selvagem (2007)
"Into the Wild"

A trilha é toda cantada/tocada por Eddie Vadder (vocalista/guitarrista do Pearl Jam) em seu primeiro trabalho solo. O filme venceu o Globo de Ouro de Melhor Canção Original (pela música Guaranteed) e de Melhor Trilha Sonora Original. O gênero das músicas são, de forma geral, folk rock. Eu já sou fã de longa data do Pearl Jam, então conheço muito do trabalho de Eddie Vadder, e a trilha desse filme é bem mais "leve" que o hard rock/grunge habitual da banda (apesar de terem várias músicas que seguem um estilo parecido). Eddie Vadder é um excelente cantor, tem uma voz fantástica e o álbum nos entrega uma trilha bela e emotiva.

E pra não dizer que não falei do filme, ele vale muito a pena. O filme conta a história do estudante que abandona tudo que tem e se torna mochileiro, viajando até o Alasca, mostrando sua trajetória ao longo do caminho, com as caronas e as pessoas que conhece ao longo da jornada. O filme é belo e reflexivo. Dirigido pelo excelente ator Sean Penn, é considerado por muitos seu melhor trabalho como diretor.


Veja o trailer:




E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

6 de fev de 2014

Desafio dos 31 Dias de Filmes - Dia 6: Um filme que te lembra de um determinado evento

Quando eu estava no segundo grau (acho que no primeiro ano), na Escola Estadual Hércules Maymone, o pessoal do grêmio estudantil resolveu fazer sessões de filmes no anfiteatro para arrecadar fundos para... sei lá para o quê. E eu lembro que fui em várias dessas sessões de filmes (normalmente não tinha aula no horário da exibição... hehe), mas não me lembro de nenhum filme visto... exceto por um:

American Pie: A Primeira Vez é Inesquecível (1999)
"American Pie"


O filme fez com que aquela sessão de filme, a primeira da qual participei, ficasse marcada na minha memória. Primeiro, por ver uma comédia adolescente sobre sexo, com mulheres com peitos de fora, durante meu horário de aula (pra um adolescente virgem, isso foi maneiro). Segundo, por que o filme é muito engraçado. E terceiro, porque duas colegas da minha sala, amigas muito próximas, mas conhecidas por serem certinhas, santinhas e exemplos de meninas, foram no filme também... e elas riram tanto, mas tanto, que em certo ponto, eu e o Max (amigo que, apesar de não estar mais entre nós, deixou maravilhosas lembranças) perdíamos cenas do filme desconcentrados com as gargalhadas das meninas... E, obviamente, o assunto rendeu assunto pra muitas conversas posteriores... hehe.

Sobre o filme, um clássico. O primeiro que me lembro de ter visto, do gênero de comédia besiteirol adolescente, infinitamente copiado (inclusive descaradamente, no "Não é mais um besteirol americano"), trazia personagens caricatos, mas carismáticos. O quinteto principal tinha um bom entrosamento, boas piadas e cenas divertidas. O filme teve quatro continuações diretas. O segundo (American Pie 2: A Segunda Vez é Ainda Melhor) era tão bom quanto o primeiro (e ainda tive a oportunidade de ver com os mesmos amigos. O terceiro (American Pie: O Casamento) era mais fraquinho, mas ainda divertido. Já o quarto, filmado quase 10 anos após o terceiro, conquista pela nostalgia de rever os personagens 10 anos depois. O filme ainda rendeu uma série derivada, "American Pie Presents", com inúmeros filmes, todos de qualidade duvidosa...

Entre os atores, nenhum particularmente famoso que faça eu me recordar sempre, exceto por Eugene Levy, eternamente conhecido como "O Pai do Jim".

American Pie é um filme que sempre me fará lembrar daquela tarde de filmes no auditório da E.E. Hércules Maymone... boas lembranças.


O trailer:





E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

5 de fev de 2014

Desafio dos 31 Dias de Filmes - Dia 5: Um filme que te lembra alguém

Esse é fácil... quem fez a associação, a um tempo atrás, foi a Gi, mas ficou marcada na memória (minha e do grupo de RPG). O filme ao qual me refiro é...

Megamente (2010)
"Megamind"


Esse filme me lembra do nosso querido amigo André Centeno porque o personagem título, Megamente, é muito parecido com ele, mas com a cabeça menor (Gica, 2011).

Além de algumas semelhanças físicas - uma barbichinha, a cabeça e a forma peculiar de se vestir), André e Megamente possuem algumas semelhanças em outros aspectos, como a auto-confiança, a empolgação com coisas pequenas, sempre ter na cabeça uma música épica (bom, as vezes nem tanto) pra cada situação e o fato de que ambos não seriam um bom vilão pois, no fundo, tem um bom coração.

Ah, e sobre o filme, foi a melhor animação de super-herói -vilão que já vi, hehe. Eu fiquei super empolgado com o filme. A trilha sonora maneira, os personagens caricatos, a sátira com a história do Superman, a animação bem feita, o Criado (Minion, no original). Simplesmente excelente. Ah, sim... se você não manja de inglês, o personagem principal tem uma certa dificuldade de fala com algumas palavras que pode ser melhor percebida na versão dublada ("eschola"). Recheado de clichês "vilanísticos", é um prato cheio pra qualquer fã de super-heróis-vilões!

A propósito, na mesma época, poucos meses antes, saiu o "Meu Malvado Favorito", também um filme sobre um "vilão", também animação e também excelente (inclusive, preferido por muitos à "Megamente"). Mas eu ainda curti mais "Megamente" que "Meu Malvado Favorito".


Veja o trailer:




E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

4 de fev de 2014

Desafio dos 31 Dias de Filmes - Dia 4: Um filme que te deixa triste

Não sou muito emotivo pra filmes... às vezes pode até formar aquela lágrima de canto de olho, mas não me lembro de já ter chorado ao ver um filme... no entanto, é inegável que alguns filmes tocam você de uma forma diferente e, se o post anterior tratava de um filme que fazia isso de uma forma a te deixar pra cima, esse é o oposto. E, claro, existem alguns filmes que te deixam meio tristes, mesmo... e o meu escolhido foi...

Tom Hanks, o bom moço.

À Espera de Um Milagre (1999)
"The Green Mile"


Atuação fantástica de Michael Clarke Duncan (indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante) e o bom trabalho de sempre de Tom Hanks, roteiro bem escrito e uma história emocionante.

Trata-se de uma adaptação de um livro de Stephen King em uma de suas poucas obras que não são de terror. Não posso falar da qualidade da adaptação, já que não li o livro original, mas posso dizer que o filme ficou excelente. É daqueles que te fazem e chorar litros (isto é, pra quem é de chorar em filme...). A triste história do prisioneiro obviamente inocente e como seu carcereiro se envolve e passa a acreditar na inocência do homem. E tem o camundongo... as cenas com o camundongo vão fazer sua namorada/esposa/mão/irmã gastarem uma caixa de lenços de papel, acredite.

O diretor alterna momentos de tensão com um certo alívio cômico, mas mesmo assim, cada execução assistida é meio que chocante e faz você refletir sobre a cruel espera pela morte na "milha verde" (N.T.: o nome original do filme, "Green Mile", se dá por conta do piso verde do corredor de aprox. uma milha da prisão).

Se podemos dizer que este filme tem alguma falha, eu diria sua duração exagerada. Não precisava de três horas de filme pra se contar essa história... é muito tempo para se chorar.

O trailer:


E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

3 de fev de 2014

Desafio dos 31 Dias de Filmes - Dia 3: Um filme que te deixa feliz

Vários são os filmes que me deixam feliz... toda a trilogia De Volta para o Futuro, por exemplo, sempre me empolga. E juro que comecei a escrever o post pensando em "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain"... mas analisando melhor cheguei a conclusão de que existe outro filme que me deixa feliz e tem muito mais a ver comigo:

Toy Story 3 (2010)


Toda a saga Toy Story (na verdade, praticamente qualquer filme da Pixar) tem o dom de nos emocionar e tocar de um jeito único, nos fazendo se envolver totalmente com a história. Quem aqui não (quase) soltou uma lágrima com os minutos iniciais de Up?

Mas Toy Story 3 fez mais que isso, comigo... além da sensação nostálgica de rever os brinquedos que já acompanhávamos há 15 anos, também fez com que eu me identificasse com a história... Desde a cena inicial, que representava exatamente a forma como eu e divertia com meus brinquedos, criando histórias e usando o quarto todo, e móveis e etc para interagir, deixando tudo ÉPICO (ao menos na manha cabeça de criança), até a tristeza de Andy ao ter que se desfazer de seus antigos brinquedos, companheiros de aventuras de tantos anos. Doar minha caixa de Lego me causou uma puta dor no coração...

O primeiro Toy Story me marcou não só pela história, como também por ser o primeiro filme totalmente feito em Computação Gráfica (sim, eu sou louco por CGI). O segundo foi a primeira continuação feita pela Pixar (até então, nenhum filme do estúdio tinha continuação). E o terceiro Toy Story foi o primeiro filme 3D do estúdio. E tem uma piadinha que diz que a melhor coisa que a Pixar fez com Toy Story 3 foi incluir o 3D, porque agora, com os óculos, vai ser mais difícil as pessoas perceberem quando você estiver chorando. Bem isso. O filme é mágico. A Pixar soube dosar magistralmente ação, aventura, humor, emoção e, claro, nostalgia.


E é isso... esse foi o filme que me deixa feliz.
Abaixo, o trailer de Toy Story 3, dublado.




E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.

2 de fev de 2014

Desafio dos 31 Dias de Filmes - Dia 2: O filme que você menos gosta

Cara... já assisti tanto filme ruim que foi mais difícil escolher esse do que o favorito (Dia 1).
Já vou deixar claro que, apesar de achar que Crepúsculo (e suas continuações) merecem o título, não consegui assistir nem o primeiro até o final, e por ter visto apenas metade, ele não se encaixa na regra.

Eu gostaria de por também Mulher-Gato, Dragonball ou Mortal Kombat 2: Aniquilação... mas não, meu "campeão" é:

Poster - Super Mario Bros.
Esse poster em espanhol foi o melhor que consegui...

Super Mario Bros. (1993)


Cara, por onde começar a descrever a tosquice?
Ah, os atores.... e aquele Bowser que não tem absolutamente NADA a ver com um lagarto/dragão/tartaruga/etc.? E o Yoshi, tão fofo nos games, virou um velociraptor no filme... e os inimigos, com aquelas cabacinhas? Que raios é aquilo? E simplesmente ignoraram a princesa Peach e usaram a (desconhecida) princesa Daisy... e eles usam aquelas botas estranhas pra saltar... e tem um meteorito... e.... oh boy. Já me deu tristeza...

O filme é de 1993, mas eu vi na Sessão da Tarde, na Globo, então provavelmente eu já tinha uns 10 anos, mas lembro que foi a coisa mais decepcionante que já vi na vida... isso depois de ter ficado super empolgado com o anúncio do filme do dia...

Bom, não preciso dizer sobre o fiasco, né? A Nintendo tenta fingir que o filme nunca existiu, o diretor afundou a carreira e nunca mais dirigiu nada que preste... e o filme amargou um prejuízo de 20 milhões.

Mas também... adaptar Mario, um encanador que usa cogumelos para enfrentar tartarugas para resgatar uma princesa, em live action? Que ideia idiota...

Segue o trailer...




E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.


1 de fev de 2014

Desafio dos 31 Dias de Filme - Dia 1: Seu filme favorito

E o primeiro dia do desafio já é bem complexo de se responder... é tão complicado eleger um único filme favorito... E eu já vou começar meio que na trapaça...

O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003)
"The Lord of the Rings: The Return of the King"


"Porque na trapaça?" Bem, porque, na verdade, estou escolhendo a trilogia completa d'O Senhor dos Anéis pois, na minha concepção, é um filme só que foi dividido por conta do tamanho. Mas como tenho que eleger apenas um, coloquei a conclusão da obra, pra mim, o melhor dos três.

E o porquê da escolha? Bem, simplesmente porque o(s) é(são) ÉPICO(S)!!!! O Senhor dos Anéis ainda é um dos meus livro favoritos. A saga marcou minha adolescência pelo tema, pela história e por ser o maior livro que já tinha lido até então (ainda é, se considerar os três como um). E outro detalhe: O Senhor dos Anéis é considerado o "pai" de Dungeons & Dragons (D&D) e do RPG sendo, portanto, responsável pelo meu tão adorado hobbie. J.R.R. Tolkien é o responsável pelo RPG existir. E esses são os motivos emocionais que levaram a escolha...

Mas também temos a parte técnica, claro. A história ficou lindamente adaptada. A maquiagem ficou fantástica. Os efeitos visuais são lindos. Os atores foram bem escolhidos (destaque para minha amada Galadriel, lindamente interpretada por Cate Blanchett, de longe minha personagem favorita da saga, e pelo excelente trabalho de Ian MacKellen e  Christopher Lee como os magos Gandalf e Saruman). Peter Jackson conseguiu captar toda a essência da obra original e transportar de maneira grandiosa para a tela, me emocionando a cada momento do filme. Não foi a toa que ganhou 11 Oscar.
E, obviamente, a trilha sonora majestosa de Howard Shore serve pra tornar tudo ainda mais épico.

Filme de fantasia medieval, com anões, donzelas élficas, espadas, magia, um inimigo sombrio, guerra, hobbits e tudo isso com uma trilha sonora épica. Não tinha como melhorar... espera. TEVE!!! Lançaram uma versão estendida com quase 3 horas a mais de filme!!! E em blu-ray, com alta resolução!!! MUST HAVE IT!!!

Segue o trailer da FANTÁSTICA Edição Estendida da trilogia, em Blu-ray.




E aqui, a Lista no IMDb. Vou acrescentando os filmes conforme for postando.