24 de abr de 2012

Meia década

Cinco anos... cinco anos atrás, tomei coragem e fiz o pedido que definiria minha vida daquele momento em diante. Obviamente, naquele instante, eu não sabia da importância daquele pedido... quero dizer, naquele momento, aquele pedido era a ÚNICA coisa que importava, mas era apenas um devaneio romântico. Não tinha levado em consideração os anos que se seguiriam, uma vida juntos, uma casa juntos, um futuro... empregos melhores, carros, viagens de férias, família... talvez até filhos (num futuro ainda distante......). Nossa... muita coisa não me passou pela cabeça... Tudo que me passava pela cabeça era aquele sorriso maravilho, aquele belo olhar, sua voz melodiosa, seu toque suave e seu beijo doce... só o que me passava pela cabeça era o prazer que a companhia dela me trazia. Era um sentimento maravilhoso que me enchia o peito e me aquecia por dentro... me revirava o estômago e tomava minha mente, fazendo-me pensar nela o tempo todo, seja no trabalho, no ônibus ou na sala de aula...  Um verdadeiro adolescente embasbacado e apaixonado.


Hoje, cinco anos depois, me lembro daqueles dias como se fossem semana passada... a alegria que a visão dela me trazia a cada encontro... a emoção que antecedia esses encontros e me dava frio no estômago... a expectativa de agrada-la a cada ação, a cada presente, a cada gesto de carinho, a cada palavra de amor pronunciada. Percebo como o amor dos jovens é impulsivo e intenso. E analiso minha vida hoje e percebo o que mudou nesse amor: nada! Absolutamente nada!!!


A sensação de alegria quando a vejo chegando de viagem é a mesma que me preenchia quando ela abria a porta de casa pra me receber... a expectativa de agradar que existia antes, nos presentes e gestos de amor, é a mesma que me deixa louco hoje, esperando agrada-la com as flores surpresa no trabalho, a esfiha quentinha esperando quando ela chega ou os bombons encontrados na geladeira... o calor que me preenche o peito (e o baixo ventre) quando a vejo dançando é o mesmo que sentia ao vê-la dançar quando nos conhecemos. O beijo doce de antes é o mesmo de hoje... a mulher que comecei a amar cinco anos atrás, pra quem me entreguei plena e completamente, de corpo e alma, é a mesma pra quem continuo me entregando hoje... e cinco anos depois, a única coisa que realmente mudou, é que meu amor por ela, hoje, é ainda maior do que era naquela época.



E depois de cinco anos juntos, tantas mudanças na vida, tantas conquistas e realizações juntos, e tantos desejos e perspectivas futuras, para uma vida de amor juntos, sinto-me feliz. Feliz por tudo que construímos até aqui (e que estamos construindo nesse momento, para o futuro), feliz pelas conquistas, feliz pela companhia, feliz... simplesmente feliz. E orgulhoso, muito orgulhoso pela mulher maravilhosa que tenho ao meu lado enquanto caminho pela vida.

Desejos futuros? Muitos... os mesmos que a maioria, talvez. Sucesso e prosperidade, alegria e sucesso... mas principalmente, que esta mulher maravilhosa continue ao meu lado em cada uma dessas conquistas e desejos que realizemos nos próximos anos juntos.


Obrigado, minha amada, por estes cinco anos de felicidade.




Comentários
1 Comentários

1 Comentário:

  1. A declaração de amor mais LINDA do espaço sideral!!!! Obrigada, meu bem!!! Vamos comemorar muito nesse fim de semana!!! \o\ \o/ /o/

    ResponderExcluir