25 de out de 2007

Saudades


Vai com os anjos, vai em paz
Era assim todo dia de tarde, a descoberta da amizade
Até a próxima vez, é tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você e de tanta gente
Que se foi cedo demais

- Love In The Afternoon, Renato Russo



Realmente… é tão estranho como os bons morrem cedo demais…
Depois de um post alegre, de comemoração de 6 meses de um maravilhoso namoro... Justamente quando eu tinha falado sobre sonhos e bons momentos, venho, no dia seguinte, postar uma coisa triste: Ontem, um grande amigo meu... não, um irmão meu faleceu. E mais um sonho terminou, deixando lembranças. Maravilhosas lembranças!!! ^^



Um sonho grande, na verdade. =D
Nos conhecemos ainda na sexta série, e estudamos juntos em todos os anos, desde então, até o terceiro, fim do segundo grau. Nos separamos apenas na hora de ir pra faculdade. E durante esse tempo, estávamos sempre juntos, conversando, nos divertindo, completando as piadas um do outro. Nossa, são 11 anos. Metade de nossas vidas... Quantas lembranças boas! ^^
Um sonho que virou realidade.

Max, você vai deixar saudades... o exemplo de pessoa que era, enfrentando as dificuldades da vida. A frase escolhida, que aparece na imagem, é perfeita: "Sorrir é fácil enquanto a vida lhe sorri. Mas poucos sabem sorrir enquanto a vida está a lhe consumir."
Mesmo com sua doença, suas dificuldades, seus problemas, ele nunca deixou de sorrir, de brincar, de se divertir, de VIVER! Realmente um exemplo de pessoa.

Agora ele pode finalmente descançar. Seu sofrimento teve fim, sua angustia se acabou. Pra nós, mortais que ficamos, sobra a dor da perda, a saudade dos bons momentos, mas fica também a bela imagem do sorriso maravilhoso, da alegria contagiante, da empolgação, da amizade, do companheirismo.

Te amo, meu amigo, meu irmão. Obrigado pelos maravilhosos momentos juntos que ficarão pra sempre na memória.

E como tenho dito, vá em paz. ^^

Comentários
2 Comentários

2 Comentários:

  1. Sim, meu amor... sei bem como é duro perder alguém próximo. Apesar de ter passado por inúmeros velórios, nunca aceitei sem sofrimento essas perdas. Mas, como meu pai me dizia: "evite chorar, se desesperar ou se inconformar frente a morte. Isso te faz emanar energias negativas que tornam o desencarne muito mais difícil e doloroso para o ente querido. Ajude-o lembrando do que construíram de bom juntos aqui na terra." Não se preocupe com a ausência. Vocês têm uma ligação espiritual, e possivelmente se encontrarão em muitas vidas... como amigos, primos, irmãos, pai e filho, o que seja... Meu bem, a relação de vocês é linda e forte, e não vai acabar com a morte. Apenas recomeçar!

    Beijos de amor e de força.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do seu blog...inspirador.
    Sou nova ainda no "mundo blogueiro"..ms espero um dia me aprimorar também.
    Meus sentimentos pela sua perda.

    ResponderExcluir